JOSEPH PACE – ENTRE O INFORMAL E A ‘POP ART’

March 1, 2020 – March 25, 2020
Locations: 
Câmara Municipal de Itapevì (Rua Cordeiro das Neves, 80, Itapevi, Brazil)

JOSEPH PACE – ENTRE O INFORMAL E A POP ART (JOSEPH PACE – BETWEEN INFORMAL AND POP ART)
Municipality of Itapevi | Instituto de Recuperação do Patrimônio Histórico no Estado de São Paulo | In collaboration with JPA Joseph Pace Archive 
From March the 1st to March the 25, 2020
9.30 a.m. to 6.00 p.m.
Itapevi Municipal Chamber

JOSEPH PACE – ENTRE O INFORMAL E A ‘POP ART’  | JOSEPH PACE – BETWEEN INFORMAL AND ‘POP ART’

Emanuel von Lauenstein Massarani for ‘Jornal Da Zona Leste’, São Paulo, JOSEPH PACE – ENTRE O INFORMAL E A ‘POP ARTCAMARA MUNICIPAL DE ITAPEVI (JOSEPH PACE – BETWEEN INFORMAL ART AND ‘POP ART’ | MUNICIPAL CHAMBER OF ITAPEVI), Itapevì Municipal Chamber, IPH – Instituto de Recuperação do Patrimônio Histórico, Prefeitura de Itapevì, Estado de São Paulo, SP, Brazil, 2020/. Emanuel von Lauenstein Massarani por o ‘Jornal da Zona Leste’ de São Paulo, JOSEPH PACE – ENTRE O INFORMAL E A ‘POP ART’ | PARLAMENTO DE ITAPEVI, Camara Minicipal de Itapevì, IPH – Instituto de Recuperação do Patrimônio Histórico, Prefeitura de Itapevì, Estado de São Paulo SP, Brasil, 2020/ 

For the second time the Municipal Chamber of Itapevi receives the exhibition by artist Joseph Pace […]. The need to use material in the work of art occurs at the decisive moment in the process of Joseph Pace’s contemporary art. It is the subject that interpreted the terms of our existential condition. Matter as a medium represents the artist’s spirit in the unity between sign and matter, gesture and action, but it also becomes the philosophy of his research. Retrieve material to bring it to a creative level. Pace has operated on the same basis for many years. The process of his research allows him to transform the material from its natural state into a surface that sometimes reaches the appearance of an arabesque. The use of the materials used leads to an explosion of light that completely invades the field, enriches the work with shiny facets and signals presence in all parts of the field/. Pela segunda vez, a Camara Municipal de Itapevi recebe uma exposição do artista plástico Joseph Pace […]. A necessidade de recorrer à matéria na obra de arte ocorre no momento decisivo do processo de nossa arte contemporânea. É o assunto que interpretou os termos de nossa condição existencial. A matéria como um meio representa o espírito do artista na unidade entre signo e matéria, gesto e ação, mas também se torna a filosofia de sua pesquisa.  Pace faz uma operação na mesma base há muitos anos. O processo de sua pesquisa permite transformar a materia de seu estado natural em uma superfície que às vezes alcança a aparência de um arabesco. O uso dos materiais utilizados leva a uma explosão de luz que invade completamente o campo, enriquece o trabalho com facetas brilhantes e sinaliza presença em todas as partes do campo.